Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/4977

Title: Traços Biofísicos no território OTALEX
Other Titles: Rasgos Biofísicos en el territorio OTALEX
Authors: Cabezas, José
Fernández, Luis
Rodríguez, Mariangeles
Ríos, Natalia
Batista, Teresa
Mendes, Paula
Vila-Viçosa, Carlos
Pinto-Gomes, Carlos
Keywords: Alentejo Extremadura
OTALEX
Caracterização biofísica
Issue Date: 2011
Publisher: In Resultado do Projecto – Resultado del Proyeto”. Cord. Ed. CIMAC e Dir. Gen. Urb. y Orden. Territ. pp.97-109, s.l.
Citation: Cabezas, J., Fernadéz-Pozo, L. Rodríguez, M., Ríos, N., Batista, T., Mendes, P. VILA-VIÇOSA C. & PINTO-GOMES C.(2011) - Traços Biofísicos no território OTALEX / Rasgos Biofísicos en el territorio OTALEX. In Resultado do Projecto – Resultado del Proyeto”. Cord. Ed. CIMAC e Dir. Gen. Urb. y Orden. Territ. pp.97-109, s.l.
Abstract: A caracterização de territórios extensos constitui um trabalho complexo em que se analisam grandes quantidades de variáveis biofísicas: declive, orientação, hidrologia, clima, solos, vegetação, fauna, estado ecológico, etc.. Nesta situação, encontramo-nos no território OTALEX, constituído pelas regiões Alentejo e Extremadura, e cujos traços biofísicos estão condicionados principalmente pela topografia e pelo clima do sudoeste da Península Ibérica. O conjunto de indicadores ambientais desenvolvidos pela Infraestrutura de Dados Espaciais OTALEX incorpora alguns destes traços biofísicos. A selecção realizou-se em função da possibilidade de existência e actualização em ambas as regiões. O desenvolvimento dos indicadores biofísicos implicou a preparação e adaptação às exigências do OTALEX IDE. A partir de dados básicos do clima, foram concebidos indicadores relacionados com vegetação (Evapotranspiração, Índice de aridez, Índice de continentalidade, Índice ombrotérmico e Índice de termicidade) e tipos de solo, bem como outros referidos efeitos de actividades antrópicas sobre os ecossistemas: distribuição de flora ameaçada e deposição húmida ácida. Finalmente, tem aprofundado o estudo de duas áreas piloto, bacias hidrográficas da Ribeira da Pardiela no Alentejo e Xévora na Extremadura-Alentejo, analisando aspectos relacionados com o funcionamento dos ecossistemas: a distribuição da vegetação e da biodiversidade do solo.
URI: http://hdl.handle.net/10174/4977
Type: bookPart
Appears in Collections:PAO - Publicações - Capítulos de Livros
ICAAM - Publicações - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rasgos Biofísico.PDF563.25 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois