Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/20842

Title: Factores determinantes do uso do espaço e localização de tocas de lontra (Lutra lutra L.) em ambientes mediterrânicos
Authors: Costa, Pedro
Advisors: Mira, António
Quaglietta, Maria Ilhéu & Lorenzo
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Em Portugal a lontra é uma espécie comum na generalidade dos cursos e massas de água. Sabe-se que a vegetação das margens e a disponibilidade de presas são factores importantes para a lontra, contudo, em ambientes Mediterrânicos ainda é escassa a informação acerca do modo como estas variáveis influenciam o seu uso do espaço. O presente estudo visa determinar de que forma a disponibilidade de presas e as características do micro e mesohabitat determinam o uso do espaço e a localização das tocas de lontra num sistema aquático Mediterrânico. Os resultados obtidos mostram que várias características do mesohabitat, incluindo a área de pinhal e a distância a áreas sociais e estradas de terra batida, são importantes na definição do uso do espaço da lontra, e que este tende a ser intensificado em locais onde o lagostim vermelho é mais abundante; a presença de calhaus no leito do rio e a ocorrência de pegos e de montado de densidade intermédia parecem ser factores relevantes na selecção dos locais onde estão instaladas as tocas. Além disso, baseados nos resultados globais, coloca-se a hipótese de que de uma forma geral o stress hídrico do verão pode levar a lontra a centrar a sua actividade nas proximidades das tocas e a ser mais tolerante ao distúrbio humano. Sugere-se que os esforços de conservação da lontra e das suas presas devem ser centrados nos locais propícios à formação de pegos, e que estudos a uma escala espacial e temporal mais ampla são necessários como ferramenta de gestão. - ABSTRACT: ln Portugal, the otter is a common species in the majority of watercourses. lt is known that bank vegetation and prey availability are important factors for the otter, however, little is known about the way these variables affect its use of space in Mediterranean environments. The present study aims to determine how prey availability and micro and mesohabitat characteristics influence the space use and choice of den location by the otter in a Mediterranean water system. The results show that various mesohabitat characteristics - including pinewood area and distance to social areas and dirt roads, are important factors influencing otter space use; and that this use tends to be intensified in places where red crayfish are abundant; otter dens tend to be located faraway from river stretches with pebbles on the riverbed and near river temporary ponds and areas of intermediate density "montado". ln addition, based on global results, it was hypothesized that summer water stress can lead the otter to center its activity closer to the den and to be more tolerant to human disturbance. We suggest that conservation efforts regarding the otter and its preys should be focused in places where the occurrence of temporary ponds is more likely, and that studies on a larger temporal and spatial scale are needed as a management tooI.
URI: http://hdl.handle.net/10174/20842
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Pedro Costa - Tese de Mestrado - 186 102.pdf2.07 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois