Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/13298

Title: Estudo da influência da água e do azoto no crescimento e produção de milho para grão e definição de uma função de produção
Authors: Costa, Isabel Maria Abreu da Silva
Advisors: Santos, Francisco
Keywords: Milho
Água
Azoto
Crescimento
Produção
Função de produção
Issue Date: 1999
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: A água e a fertilidade do solo são os dois factores que têm merecido maior atenção, quando se trata a questão da utilização eficiente dos factores de crescimento controláveis, de modo a optimizar a produção. A resposta das culturas a estes factores tem sido utilizada para determinar funções de produção. Utilizou-se uma linha de aspersores para estudar o efeito de quatro níveis de aplicação de azoto e de água, nos parâmetros relativos ao crescimento e à produção do milho (Zea mays L.) e para determinar uma função de produção. Verificou-se que a altura de água aplicada diminui com o aumento da distância á linha de aspersores. Foram obtidos bons ajustamentos de equações de regressão de segundo grau que relacionam a altura de água aplicada com a distância ao limite lateral do campo de ensaio. O vento e a sebe foram determinantes nas diferenças registadas entre as duas metades do campo de ensaio e entre as três repetições. Relativamente à influência do azoto e da água na altura das plantas, constatou-se que a primeira não foi significativa e que a segunda, que não pode ser estatisticamente testada, foi considerável. Nos restantes parâmetros referentes ao crescimento do milho verificou-se que a influência do azoto foi significativa apenas em duas amostragens. De um modo geral, foram obtidos bons ajustamentos das equações de regressão de segundo grau que relacionam, por amostragem e por nível de aplicação de azoto, os resultados referentes aos parâmetros de crescimento com a altura de água aplicada. Os valores de R2 e Tea obtidos (0,796 e 0,772, respectivamente) indicam um bom ajustamento da equação polinomial que relaciona a produção de grão com os níveis de aplicação de água e de azoto. O máximo da função de produção (14,27 tonhã' ) obtém-se aplicando 311,19 kg de azoto por hectare e 708,76 mm de água.
URI: http://hdl.handle.net/10174/13298
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Isabel Maria Abreu da Silva Costa - Tese de Mestrado - 99 607.pdf127.08 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois