Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/5832

Title: Contribuição das políticas agrícolas para a sustentabilidade do ambiente num sistema agrícola mediterrânico
Authors: Godinho, Maria de Lurdes Ferro
Carvalho, Maria Leonor da Silva
Keywords: Risco
Políticas agrícolas
erosão
programação matemática
Mediterrâneo
Issue Date: 2006
Publisher: Anais do XLIV Congresso da SOBER
Citation: Godinho,M.L.F., M.L.S.Carvalho, “Contribuição das políticas agrícolas para a sustentabilidade do ambiente num sistema agrícola mediterrânico”, Actas do XLIV Congresso da SOBER,Fortaleza, Brasil, 23-27/07/2006. ISBN - 859857101-6
Abstract: A erosão dos solos é um problema importante e a desertificação está a aumentar na região Mediterrânica. Os sistemas produtivos baseados na gestão tradicional dos cereais de Inverno, olivais e vinhas podem agravar a degradação dos solos. Para estes sistemas agrícolas, o solo pode ser gerido utilizando novas tecnologias desenvolvidas para melhorar o seu potencial e promover a sua sustentabilidade. A agricultura mediterrânea de sequeiro está sujeita a uma grande variabilidade na produção, consequência da irregular distribuição da precipitação. Esta variabilidade da produção de sequeiro leva a instabilidade no rendimento dos agricultores. Os agricultores têm, normalmente, um comportamento de aversão ao risco. Nas últimas décadas, tornou-se evidente para os políticos que a agricultura tem um papel importantíssimo no ambiente natural. A nova reforma (2003) da Política Agrícola Comum visou a criação do regime do pagamento único, para manter uma estabilidade no rendimento dos agricultores, completamente desligado da produção, e, simultaneamente, manteve as Medidas Agro-ambientais com o objectivo de proteger o ambiente e conservar a paisagem evitando o abandono das terras. Usando um modelo de programação estocástica discreta sequencial associada a uma estrutura MOTAD e a um modelo de simulação de erosão (EPIC), analisou-se o impacto de medidas agro-ambientais nos sistemas produtivos e tecnologias de produção de uma exploração da região Mediterrânea, situada no Alentejo, Sul de Portugal. O efeito destas medidas é também analisado relativamente à erosão do solo. Os resultados mostram um aumento da extensificação das actividades pecuárias e a implementação da sementeira directa, com a consequente diminuição dos níveis de erosão. Mostram também um aumento do rendimento total da exploração e do rendimento esperado da produção, bem como uma diminuição da variabilidade relativa do rendimento, com a adopção das medidas agro-ambientais.
URI: http://hdl.handle.net/10174/5832
ISBN: 859857101-6
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Artigos em Livros de Actas/Proceedings
CEFAGE - Artigos em Livros de Actas/Proceedings
GES - Artigos em Livros de Actas/Proceedings
ECN - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
SOBER_2006.pdf337.75 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois