Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/11251

Title: A Gestão de solos e sistemas de sementeira directa
Authors: Carvalho, Mário
Keywords: Sementeira directa
mobilização do solo
Issue Date: 2014
Citation: Carvalho, M. (2014)A Gestão de solos e sistemas de sementeira directa. Forum de Tecnologia e Horticultura, Associação interprofissional de horticultura da região Oeste, Torres Vedras
Abstract: As tecnologias de produção têm consequências económicas e ambientais na medida em que condicionam a produção das culturas, a eficiências de utilização dos factores, as perdas de solo por erosão e de água por escorrimento. Nesta comunicação será abordada a importância da mobilização do solo. Os objectivos que mais frequentemente se atribuem à mobilização do solo são a gestão da estrutura, a preparação da cama da semente, o controlo de infestantes e a modelação da superfície do solo, como a necessidade de definição de regos de rega. A qualidade da estrutura de um solo caracteriza-se pela estabilidade dos agregados, pela sua porosidade (particularmente a macro) e, ainda, pela continuidade desta porosidade ao longo do perfil do solo. Em relação a qualquer destes dois aspectos é em sistemas com ausência de mobilização do solo que os parâmetros são mais favoráveis, permitindo melhores condutividades hidráulicas saturadas e um maior crescimento das raízes em profundidade. A mobilização do solo aumenta ainda o risco de perda de solo por erosão e de água por escorrimento superficial. A preparação da cama da semente é uma exigência dos processos de sementeira e plantação e não das próprias culturas, pelo que exigem soluções mecânicas que permitem a sua instalação sem a mobilização prévia do solo. Em relação ao combate das infestantes o papel da mobilização pode ser substituído pela aplicação de herbicidas. Assim, muita da mobilização do solo praticada visa resolver problemas que o restante itinerário técnico da cultura exige, ou visa resolver problemas por ele originados, como é o caso da compactação do solo. Uma redução significativa dos actuais níveis de mobilização do solo será uma contribuição significativa para o aumento da sustentabilidade económica e ambiental dos sistemas de agricultura. Para se conseguir este objectivo será preciso encontrar, dentro de cada sistema de culturas, a solução mais adequada para ajustar o itinerário técnico e este objectivo.
URI: http://hdl.handle.net/10174/11251
Type: lecture
Appears in Collections:ICAAM - Comunicações - Em Congressos Científicos Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Gestão de solos e sistemas de sementeira directa.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois