Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/3516

Title: Efeitos da salinidade e fertilização azotada nos parâmetros hídricos e fotossintéticos na fase inicial de desenvolvimento de Sorgo sacarino (Sorghum bicolor L. Moench)
Authors: Coelho, Renato
Castanheira, Nádia
Santos, Francisco
Pereira, Dulce
Gonçalves, Maria
Editors: Baptista, Fátima
Cruz, Vasco
Silva, Luís Leopoldo
Keywords: sorgo sacarino
salinidade
fertilização azotada
parâmetros fisiológicos
Issue Date: 5-Sep-2011
Publisher: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal e da Sociedade Espanhola de Agro-Engenharia
Citation: Coelho, R., Castanheira, N., Santos, F.L., Pereira, D.G., Gonçalves, M.C.(2011). Efeitos da salinidade e fertilização azotada nos parâmetros hídricos e fotossintéticos na fase inicial de desenvolvimento de Sorgo sacarino (Sorghum bicolor L. Moench). Actas do VI Congresso Ibérico de Agroengenharia. 5-7 Setembro, Évora
Abstract: Utilizando plantas de Sorgo Sacarino, investigou-se a possibilidade de atenuação do efeito inibitório da salinidade pela aplicação de fertilização azotada. As plantas foram crescidas em solo, numa estufa, e regadas com três níveis de solução de cloreto de sódio (0, 5 e 15 g L-1 NaCl) e três níveis de solução de nitrato de amónio (0, 0,4 e 0,6 g L-1 NH4NO3), num desenho experimental 3 × 3, com 4 repetições, num total de 36 vasos. De um modo geral, as plantas toleraram bem a irrigação com 5 g L-1 de NaCl mas mostraram sintomas severos com a irrigação de 15 g L-1. Assim, no final do ensaio, enquanto a biomassa seca das plantas irrigadas com 5 g L-1 era apenas ligeiramente inferior às regadas com água corrente, as plantas regadas com 15 g L-1 tinham menos 80% de peso seco. Os parâmetros fisiológicos medidos mostraram um padrão semelhante ao da biomassa, ou seja, pouco afectados pela menor salinidade mas muito inibidos pela maior (15 g L-1). A fertilização com azoto melhorou o crescimento das plantas e alguns outros parâmetros. Conclui-se assim que, na fase inicial de desenvolvimento das plantas de sorgo (25 dias), objecto deste ensaio, o azoto beneficia o crescimento das plantas expostas ao sal, embora, com base nos valores de fotossíntese, a concentração de 0,4 g L-1 seja mais benéfica que a de 0,6 g L-1.
URI: http://hdl.handle.net/10174/3516
ISBN: 978-972-778-113-3
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Parâmetros hídricos e fotossintéticos do sorgo sacarino.pdf220.71 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois