Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/20816

Title: Factores que influenciam a mortalidade por atropelamento de mamíferos carnívoros
Authors: Neves, Vânia Isabel Brito das
Advisors: Mira, António
Beja, Pedro
Keywords: Geneta
Genetta genetta
GLM
Mamíferos carnívoros
Morte por atropelamento
Probabilidade de ocorrência
Raposa
Vulpes vulpes
Genet
Mammal carnivorous
Road-kills
Probability of occurence
Red fox
Issue Date: Apr-2009
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Conhecer os factores que influenciam a mortalidade por atropelamento de mamíferos carnívoros é extremamente útil na gestão do ambiente rodoviário, permitindo a aplicação de medidas de mitigação e minimização de impactos. O presente estudo pretendeu avaliar o efeito do habitat, métrica da paisagem e estradas na probabilidade de ocorrência de dois pequenos mamíferos carnívoros - raposa (Vulpes vulpes) e de geneta (Genetta genetta) - e por sua vez integrar esta informação na modelação da mortalidade por atropelamento. Para isso foram usados Modelos Lineares Generalizados (GLMs) para estudar a relação entre a ocorrência de cada uma das duas espécies e os factores acima descritos. As probabilidades de ocorrência de cada espécie e os restantes descritores ambientais foram então usados para modelar a ocorrência de mortalidade por atropelamento utilizando novamente GLMs. Os nossos resultados mostram que a probabilidade de ocorrência da geneta é maior em áreas florestais, com elevada densidade de orlas. Esta espécie também respondeu positivamente à presença de ribeiras. Quanto às preferências da raposa (Vulpes vulpes), não foi identificado nenhum padrão no que diz respeito ao tipo de uso do solo, porém esta espécie tende a ser encontrada longe de fontes de água e de perturbação humana, incluindo rodovias de elevada densidade de tráfego. Neste estudo, evidenciou-se ainda a importância de incluir dados relativos à ocorrência das espécies na modelação da mortalidade por atropelamento. No entanto, o padrão da relação entre as probabilidades de ocorrência e a mortalidade é específico, no presente caso com influências opostas, e não pode, portanto, ser generalizado. Além disso, outros factores se revelaram importantes na previsão da ocorrência de mortalidade de ambas as espécies, nomeadamente o aumento do volume de tráfego, com a mortalidade a ser maior em rodovias com moderada intensidade de tráfego; a presença e extensão de áreas ripícolas na periferia da estrada, a presença de áreas florestais e a ausência de perturbação humana, a contribuírem para um aumento do número de atropelamentos. A existência de vedação também poderá ser um factor relevante na ocorrência de mortalidade por atropelamento. Aparentemente um sistema de vedação permeável apenas num dos lados da estrada poderá levar a um aumento desta, embora estes resultados necessitem de mais estudos para ser confirmados estatisticamente. – ABSTRACT: Knowing the factors that influence mammal carnivore road-kills is extremely useful in terms of species conservation and management of the road environment, enabling the implementation of mitigation measures. The present study sought to explore the influence of habitat, landscape elements, roads and other linear structures on the probability of occurrence of two small mammalian carnivores- red fox (Vulpes vulpes) and genet (Genetta genetta) - and how this can predict road-kills. To do so we used generalized linear modelling (GLM) to study the relationship between the occurrence of Genetta genetta and Vulpes vulpes and factors concerning environment, human influence and road features. We also studied the relationship between species distribution patterns, landscape and road features, and mortality in four roads with different traffic volumes and patterns, again using GLM. According to our results, genet probability of occurrence is patchily distributed and embedded in a matrix of forest areas with high edge density. This species also responded well to the presence of streams. Regarding the fox's preferences, no clear overall pattern was identified for any land use. Nevertheless, this species tended to be found away from water sources and human disturbance. It is also shown that roads may have an influence on species distribution. Our findings highlight the need to take into account the occurrence patterns of a species when analysing the factors that determine its road mortality. However, the relationship between occurrence and mortality patterns is clearly species-specific and sometimes opposite. These results strengthen the need for individual species studies and alerts for the danger of generalizing conclusions. Other factors revealed to be important in predicting mortality rates for the two species under study, for instance: the traffic volume, the presence and length of streams in the road vicinity, and the main land uses, with road-killings being promoted in forest and disturbed areas. The presence and location of fences may also influence fatality patterns, as a fencing system on only one side of the road may lead to increased mortality. However, this suggestion needs to be confirmed by further data.
URI: http://hdl.handle.net/10174/20816
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Vânia Isabel Brito das Neves - Tese de Mestrado - 186 104.pdf30.65 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois