Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/15181

Title: Caracterização do doente com VIH/SIDA: estudo estatístico ao impacto da infecção no Baixo Alentejo
Authors: Dionísio, Ana Sofia Teixeira Marques
Advisors: Infante, Paulo
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: O VIH/SIDA tem provocado um enorme impacto na sociedade em geral. Não apenas ao nível da saúde e consequente redefinição de estratégias de prevenção e tratamento, mas também pelas questões éticas, sociais e culturais que veio levantar. Não existindo quaisquer estudos sobre o tema na região assume particular interesse uma análise que caracterize o doente com VIH/SIDA no Baixo Alentejo. Pretende-se caracterizar a população infectada na região, não apenas descritivamente como também inferir acerca destes indivíduos e verificar que aspectos específicos da sua conduta ou natureza possam estar a afectar o seu tempo de sobrevivência desde a data de diagnóstico da infecção até à ocorrência de morte. A base de dados em análise é constituída por todos os doentes seguidos no Hospital de Beja entre os anos 2000 a 2009. Aos dados foram aplicadas diversas técnicas de estatística descritiva e inferencial e ainda técnicas específicas de Análise de Sobrevivência. Da análise descritiva aos dados verifica-se que a população infectada e seguida na região do Baixo Alentejo em muito se assemelha à população infectada a nível nacional, na sua distribuição por sexo e idades, tipo de vírus, estadio da doença, comportamentos de risco e patologias apresentadas. No estudo das variáveis que influenciam o tempo de sobrevivência dos indivíduos resultaram estatisticamente significativas e como factores de risco de morte: um nível de células CD4 resultante da contagem pelo valor mais baixo que o indivíduo obteve até à data inferior a 200 células por microlitro de sangue, a idade com que foi diagnosticado com a doença (indivíduos mais velhos apresentam maior risco), a existência das co-infecções Tuberculose e Hepatite C, e ainda o indivíduo sofrer de alcoolismo. Por outro lado, e como factores protectores resultaram a idade com que o indivíduo iniciou o acompanhamento hospitalar (quanto mais novo menor o risco), e ainda a frequência da consulta de acompanhamento de enfermagem no Hospital; ABSTRACT: HIV/AIDS has caused a huge impact in society. Not only in the field of health and respective development of prevention and treatment strategies, but also for the ethical, social and cultural issues the disease had brought out. Once the inexistence of any type of studies applied to this specific region of Alentejo in Portugal, the present study assumes particular interest in characterising HIV/AIDS patients in Baixo Alentejo. The intend of this study is to characterize the infected population in Baixo Alentejo, not only in a descriptive way but also infer about these individuals and analyse which specific aspects on their behaviour or nature are affecting their survival time since the diagnostic date of the infection to the occurrence of death. The database in analysis contains all patients followed/monitored in Hospital de Beja between years 2000 to 2009. To treat the data were considered descriptive and inferential statistical techniques and Survival Analysis. From the descriptive analysis to data we can verify that the infected population monitored in Baixo Alentejos’s region is very similar when compared to the infected population at a national level, especially in what concerns to its distribution by sex, age, type of virus, disease stage, risk behaviour and the presence of other infections or pathologies. In the survival analysis, the variables that seem to influence individuals survival time in a significant statistically way were, as risk factors: having a level of CD4 cells less than 200 cells/ul resulting from the lowest value measured, the age with which the patient had been diagnosed with HIV/AIDS (in this case, older individuals present a higher risk), the existence of co-infections as Tuberculosis and Hepatitis C, and also alcoholism. On the other side resulted as statistically significant protective factors: the age with which the patient initiated hospital monitoring (in this case, the younger the individual lower the risk of death), and the attendance/frequency of nursing monitor sessions held at the hospital.
URI: http://hdl.handle.net/10174/15181
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
pmba-big.gif27.05 kBGIFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
TeseAnaDionisio.exe762 kBMicrosoft WordView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Tese MMEAD Anexo 3 - Ana Dionisio.pdf11.15 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Tese MMEAD Anexo 2 - Ana Dionisio.pdf9.86 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Tese MMEAD Anexo 1 - Ana Dionisio.pdf24.69 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Tese MMEAD - Ana Dionisio.pdf2.51 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois