Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/13643

Title: Aplicação de resíduos orgânicos nos solos de montados: produtividade de culturas indicadoras.
Authors: Alexandre, Carlos
Nunes, Jorge
Madeira, Manuel
Editors: Gonçalves, Maria da Conceição
Ramos, T. Brito
Martins, J. Casimiro
Issue Date: 2014
Publisher: Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I. P.
Citation: Alexandre, Carlos, Nunes, Jorge & Madeira, Manuel. 2014. Aplicação de resíduos orgânicos nos solos de montados: produtividade de culturas indicadoras. In: Gonçalves, Maria da Conceição, Ramos, T. Brito & Martins, J. Casimiro (Eds.), Solo, Produção Agrária e Sustentabilidade dos Ecossistemas, Livro de Actas do Encontro Anual da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo (EACS 2013), Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P., Oeiras, p. 78-83. (ISBN 978-972-579-039-7)
Abstract: Os montados de sobro e azinho são sistemas multifuncionais com longo historial de uso em sistemas tradicionais, baseados em mobilizações frequentes, que contribuíram para reduzir a matéria orgânica do solo. A utilização de resíduos vegetais provenientes da gestão do montado tem interesse para acumular matéria orgânica no solo e recuperar a qualidade e produtividade deste recurso. Avalia-se o efeito da incorporação no solo dos seguintes resíduos orgânicos na produtividade da aveia e de uma pastagem melhorada: biochar (B1 e B2 – dobro de B1), matos (M), ramos de poda de sobro e azinho (R), controlo (C – sem resíduos), e situação de referência (SR – vegetação natural sem resíduos). Os ensaios realizaram-se em dois locais com uso do solo contrastante (Mitra, Évora): pastagem natural (S) e horta (H). As aplicações por ano nas modalidades B2, M e R visaram duplicar o C orgânico do solo na camada 0-10 cm. Apresentam-se resultados de 2 anos (2011 e 2011/2012) com aveia e pastagem melhorada, em S, e de um ano (2011/2012) com aveia, em H. Usou-se um delineamento em blocos casualizados com 4 repetições. Em 2011 a modalidade C da pastagem produziu significativamente mais biomassa (5,12 Mg MS ha -1 ) do que as restantes (3,34 a 4,26 Mg MS ha -1 ). Em 2012 foram as gramíneas da modalidade B2 que produziram significativamente mais biomassa (2,23 Mg MS ha -1 ) do que as outras modalidades (0,50 a 1,66 Mg MS ha -1 ). A aveia em S apresentou menor produtividade na modalidade M: no ano 1 com 5,34 Mg MS ha -1 (6,07 a 6,43 Mg MS ha -1 nas restantes), no ano 2 com 7,19 Mg MS ha -1 (7,32 a 9,39 Mg MS ha -1 nas outras). A aveia em H teve produtividade homogénea e superior à de S: 8,81 a 9,59 Mg MS ha -1 . Não se observaram efeitos consistentes dos resíduos orgânicos na produtividade das culturas ensaiadas.
URI: http://hdl.handle.net/10174/13643
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
EACS_2013_Actas_p78-83.pdf693.92 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois