Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/13612

Title: Desenvolvimento, por automatização, dum sistema de cabo-rega
Authors: Shahidian, Shakib
Advisors: Serralheiro, Ricardo Paulo
Keywords: Cabo-rega
Modelação do escoamento
Automação
Solos argiluviados
Sulcos de contorno
Issue Date: 1996
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Pretendeu-se conceber, desenvolver e testar um sistema computorizado de controlo da velocidade de funcionamento do Cabo-rega num campo organizado em blocos de contorno, que utilize informações relativas ao escoamento nos sulcos para optimizar a rega em tempo real. Para este efeito, foi desenvolvido um método que utiliza os tempos de avanço e a profundidade do escoamento em dois pontos dum sulco seleccionado para determinar a equação de infiltração e a rugosidade do sulco, e com base nestes parâmetros modela o avanço no resto do campo, utilizando um modelo de simulação do escoamento criado para o efeito. Foi desenvolvido um programa de gestão da rega em tempo real, CaboGest, que utilizando o método acima descrito, simula o avanço em todos os sulcos a serem regados e determina as velocidades do êmbolo, de modo a aplicar a dotação pretendida. O controlador hidráulico do Cabo-rega foi substituído por um motor eléctrico comandado por um computador instalado no campo, recorrendo para o efeito a um variador de velocidades. O equipamento e o programa CaboGest foram ensaiados em duas regas realizadas num campo organizado em blocos de contorno, onde os comprimentos dos sulcos variavam de 180 a 280 metros. Devido a irregularidades existentes no declive dos sulcos, foi necessário refazer os mesmos depois da primeira rega. Foi possível concluir que tanto o equipamento, como o modelo e o programa desenvolvido são viáveis num solo pertencente a ordem dos argiluviados pouco insaturados, embora seja necessário mais ensaios para aperfeiçoar a modelação do escoamento. Por outro lado, verificou-se que a geometria transversal dos sulcos influência a velocidade do escoamento, e que o perimetm molhado tem um papel preponderante no volume infiltrado em cada troço de sulco. Verificou-se também que a medida que a profundidade do escoamento diminui, a rugosidade do fundo do sulco exerce uma influência crescente na velocidade do escoamento, ou seja, o coeficiente de rugosidade de Manning depende também do caudal.
URI: http://hdl.handle.net/10174/13612
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Shakib Shahidian - Tese de Mestrado - 86 162.pdf38.56 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois