Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/12100

Title: Influência de albufeiras e charcos na actividade e diversidade de morcegos em paisagens mediterrânicas
Authors: Fernandes, Inês
Advisors: Mira, António
Marques, João Tiago
Medinas, Denis
Keywords: Morcegos
Corpos de água
Montado
Paisagem mediterrânica
Seca
Aquecimento global
Bats
Water
Montado
Mediterranean landscape
Drought
Global warming
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: A paisagem mediterrânica apresenta uma elevada biodiversidade de morcegos. No entanto, a aceleração do aquecimento global e maior frequência de secas podem reduzir a disponibilidade hídrica e de presas. A actividade de morcegos foi amostrada em 16 massas de água, entre Maio e Setembro de 2011 e 2012. Entre 4270 passagens foram identificadas doze espécies, sendo o género Pipistrellus o mais representado (66,6%). A actividade de morcegos foi superior junto aos corpos de água, aumentando significativamente em 2012, um ano muito seco, especialmente no Verão. A área dos corpos de água foi a característica mais importante na explicação dos padrões de actividade, mostrando uma associação positiva. Maiores áreas florestais na vizinhança contribuíram para o aumento da actividade destes mamíferos. O aumento dos requisitos da água dos morcegos nas condições climáticas severas previstas suportam a elevada necessidade de preservação destas paisagens, dominadas por mosaicos de carvalhos e corpos de água dispersos; ### Abstract: The Mediterranean landscape has a high bat diversity. However, as a result of the acceleration of global warming and consequent increasing summer dryness may reduce water and prey availability. Between May and September of 2011 and 2012 we surveyed bat activity near 16 water bodies. Of a total of 4270 bat passes twelve species were recorded, with Pipistrellus genus the most represented (66,6%). Bat activity was higher near ponds, increasing significantly in 2012, an extremely dry year, especially in summer. Water bodies’ area was the most important feature in the explication of bat activity pattern, showing a positive association. Larger forest areas (montado) next to the ponds also had a significant contribution to higher bat activity. The increase of water requirements for bats in the predicted harsh climatic conditions supports the urgent need of preservation of this landscape, dominated by oak-­‐woodland and several scattered water bodies.
URI: http://hdl.handle.net/10174/12100
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Inês_final.pdf1.48 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois