Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/10367

Title: Produção pecuária no montado: suínos
Other Titles: Livestock production in the “montado”: pigs
Authors: Nunes, josé
Issue Date: 2007
Publisher: Revista de Ciências Agrárias
Citation: Nunes JT (2007). Produção pecuária no Montado: suínos. Revista de Ciências agrárias, vol 30 (1), 251-259.
Abstract: A produção pecuária no montado alentejano é muito importante, ao nível da exploração e à escala regional. Baseia-se no sistema silvo-pastoril, com aproveitamento directo dos recursos alimentares naturais por raças autóctones. O porco alentejano é considerado o rei dos montados alentejanos, destaca-se no aproveitamento pecuário desta floresta de uso múltiplo. Na primeira metade do século passado a raça alentejana representava cerca de 50% do armentio suíno português. A intensificação dos sistemas de produção, agrícolas e pecuários, contribuiu para um decréscimo acentuado, da suinicultura extensiva tradicional. Em 1986 a população de suínos autóctones no Alentejo tinha decaído para cerca de 2% do total nacional. As raças locais, seja de porcos ou ruminantes tem conhecido recentemente uma notoriedade nova, quando se aliam os produtos delas derivados ao território, numa perspectiva de fileira. A evolução da PAC e a consciencialização para os problemas ambientais contribuíram para reenquadrar os sistemas silvopastoris e, particularmente, a montanheira numa óptica produtiva sustentável. A montanheira tradicional consiste na engorda de porcos, com idades de 14 a 18 meses, em regime de pastoreio durante o Outono e Inverno, nos sob-cobertos dos montados de azinho e sobro. A engorda tardia, fortemente amilácea, produz carcaças pesadas de 120 kg a 140 kg com grande adiposidade. Porém, com a desejável infiltração de gordura intermuscular. O maneio adequado, à optimização das características da carcaça e à aptidão tecnológica da carne e gordura nos sistemas silvo-pastoris, implica conhecer objectivamente: os recursos naturais, a fisiologia particular das raças locais, as características físicas químicas e sensoriais requeridas pelos produtos tradicionais e pela carne fresca.
URI: http://hdl.handle.net/10174/10367
Type: article
Appears in Collections:MVT - Publicações - Artigos em Revistas Nacionais Com Arbitragem Científica
ICAAM - Publicações - Artigos em Revistas Nacionais Com Arbitragem Científica

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Nunes 2007 Revista ciências agrárias.pdf23.87 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois