Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/9317

Title: Inventário de biomassa florestal por imagens de satélite de alta resolução especial
Authors: Sousa, Adélia
Marques da Silva, José
Gonçalves, Ana Cristina
Mesquita, Paulo
Keywords: Inventário Florestal
Satélite
Quickbird
Quercus
Issue Date: 16-Apr-2013
Citation: Sousa, A.M.O., Marques da Silva, J.R. Gonçalves, A.C., Mesquita, P.A. (2013). Inventário de biomassa florestal por imagens de satélite de alta resolução espacial. In Livro de actas do II Workshop (Bio) Energia Universidade de Évora, 16 de Abril, 2013.
Abstract: Os sistemas florestais mediterrânicos são caracterizados por um conjunto de espécies restrito, adaptadas às características edáficas e climáticas. Em Portugal a área florestal aumentou até meados do século passado, tendo posteriormente estabilizado. As operações culturais e de regeneração geram um conjunto de resíduos que podem ser aproveitados de duas formas, uma com o seu destroçamento com ou sem incorporação no solo, para a manutenção do potencial produtivo do solo e outra com a sua remoção do povoamento e utilização para fins energéticos. Neste artigo analisa-se a utilização de intervenções silvícolas para estimar a quantidade de resíduos produzidos e a quantidade disponível para fins energéticos. Os resultados indicam que para um modelo de silvicultura para povoamentos puros regulares de pinheiro bravo se poderá utilizar para fins energéticos entre cerca de 30% do valor total da biomassa produzida e as intervenções culturais para um caso de estudo para a mesma espécie indicam que a proporção de resíduos removida é inferior à do modelo, dada a menor densidade dos povoamentos. Abstract : Mediterranean forest systems are characterized by a restrict set of forest species, adapted to the edaphic and climatic conditions. In Portugal the forest area increased until the middle of the last century, having stabilised after. The cultural and regeneration interventions generate residues that can be used in two different ways, one by chipping, with or without incorporation in the soil, to maintain the soil productive potential and the other with their removal from the stand and their use to produce energy. In this paper the silvicultural interventions are used to predict the quantity of residues produced and the quantity available for the production of energy. The results indicate for a model of silviculture for pure even-aged stands of maritime pine that 30% of the total biomass produced could be used for energy production and the cultural interventions for a study case for the same species indicate that the proportion of residues removed is smaller when compared to the one of the model, due to the smaller density of the stands.
URI: http://hdl.handle.net/10174/9317
ISBN: 978-989-8550-13-2
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Artigos em Livros de Actas/Proceedings
ERU - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Artigo_floresta_ II_Workshop_(Bio)Energia_final.pdf535.05 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois