Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/27362

Title: Avaliação do conteúdo fenólico e potencial antioxidante de extratos aquosos de Calamintha nepeta e Mentha spp. do Alentejo
Authors: Piçarra, Andreia
Gomes, Laura
Arantes, Sílvia M.
Candeias, Fátima
Caldeira, A. Teresa
Martins, M. Rosário
Keywords: Plantas Aromáticas e Medicinais
atividade antioxidante
Artemia salina
Issue Date: Nov-2019
Publisher: Universidade de Évora
Citation:  Piçarra A., Gomes L., Arantes S.M., Candeias M.F., Caldeira A.T., Martins M.R. (2019). “Avaliação do conteúdo fenólico e potencial antioxidante de extratos aquosos de Calamintha nepeta e Mentha spp. do Alentejo”. In Livro de Resumos do III Congresso Luso-Extremadurense de Ciências e Tecnologia, (M. Bezzeghoud, A. Araújo, C.P. Gomes, F. Carapau, M.H. Santos, Eds), Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Évora, Évora, Portugal, pp. 5-7. ISBN: 978-972-778-133-1.
Abstract: Os extratos de plantas, são ricos em polifenóis que possuem um importante potencial antioxidante devido à sua capacidade de captação de radicais livres ou de proteção de oxidação dos substratos lipídicos, desempenhando um papel importante na prevenção de patologias relacionadas ao stress oxidativo, como doenças neurodegenerativas e cardiovasculares. O Alentejo é rico em plantas aromáticas autóctones, muitas utilizadas na medicina tradicional e também como condimentares na Dieta Mediterrânica. Neste estudo selecionaram-se quatro espécies aromáticas e condimentares da família Lamiaceae, Calamintha nepeta, Mentha cervina, Mentha spicata e Mentha pulegium, para preparação de extratos aquosos, caracterização do conteúdo fenólico, avaliação do potencial antioxidante e da letalidade em A. salina. Os extratos aquosos foram preparados da parte aérea da planta utilizando dois procedimentos distintos: a partir das águas de decocção resultantes da hidrodestilação da planta fresca (EHD) e a partir da solução aquosa resultante da trituração a frio da planta fresca (EPF). Para avaliação da varia ção sazonal da planta prepararam-se extratos EHD com plantas coletadas dois anos diferentes. Procedeu-se à caraterização química dos extratos EHD (obtidos de plantas de 2 anos diferentes, A e B, no mesmo estado vegetativo) e EPF com quanti cação dos fenóis totais, avonóides e taninos [2]. O potencial antioxidante foi avaliado in vitro por três mecanismos de ação diferentes, método do radical DPPH, sistema -caroteno/ácido linoleico e poder redutor do ferro. Procedeu-se também à avaliação dos mecanismos de atividade antioxidante dos extratos em sistemas enzimáticos envolvidos no stress oxidativo, com determinação do potencial inibitório da atividade de catalases e de glutationo-peroxidases, em homogenatos hepáticos.
URI: http://hdl.handle.net/10174/27362
ISBN: 978-972-778-133-1
Type: article
Appears in Collections:HERCULES - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2019_Piçarra_LusoEstremadurense_Calamintha_Menthas.pdf1.02 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois