Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/11253

Title: Estudo da evolução de uma população da raça bovina mertolenga
Authors: Castro, José António Lopes de
Advisors: Roquete, Carlos José dos Reis
Barata, Gabriel Lobo da Silveira Nunes
Keywords: Raça bovina mertolenga
Sistema de exploração
Área geográfica de distribuição
Estudo da evolução
Bovinocultura
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Os elementos referentes a peso aos 90 e 180 dias de idade e peso ao desmame, provenientes de uma população bovina da raça Mertolenga, recolhidos entre 1982 e 1999, foram utilizados no sentido de prever a evolução do nível genético dessa população que, ao longo do tempo, tem sido submetida ao método da selecção. Assim, adoptou-se a metodologia sugerida por Elsen e Mocquot (1974) que, relativamente a autores precedentes tem em consideração, não só a evolução ano após ano mas também, as alterações da estrutura da população ao longo do tempo, no que respeita ao número de indivíduos que integram as classes de idade ao parto. Esta metodologia prevê igualmente o facto de existirem gerações sobrepostas, situação muito frequente em sistemas de produção de animais domésticos. A evolução avaliada, teve por base a estimativa da resposta à selecção, quer do lado masculino quer do lado feminino uma vez que as características analisadas foram medidas em ambos os sexos. Todavia, alguns dos progenitores masculinos não possuíam informação própria, para as características em estudo. Assim, no sentido de avaliar estes toiros, utilizou-se a metodologia da comparação dos contemporâneos. Através da equação da resposta à selecção proposta por Falconer e Mackay (1996): R = S x h2, estimaram-se os valores do diferencial de selecção (S) bem como os valores da resposta à selecção (R), em ambos os sexos. Deste modo e utilizando a equação acima referida, e combinando os dois sexos, estimou-se o valor da heritabilidade realizada. Assim, obtiveram-se os valores de 0,28, 0,29 e 0,30 para os peso aos 90 e 180 dias e ao desmame, respectivamente. A evolução da população, avaliada pela resposta da descendência, evidenciou a flutuação que é característica, embora com tendência positiva. Os valores obtidos para os pesos aos 90 e 180 dias de idade e ao desmame, entre 1985 e 1989, mostram-se geralmente inferiores aos verificados nos anos seguintes. Neste período e em termos de valores absolutos, a evolução assumiu sensivelmente os mesmos padrões. A evolução do peso ao desmame, naquele período, apresentou valores negativos nos anos de 1988 e 1989. Ao analisar o contributo independente dos progenitores masculinos e dos femininos, verifica-se que, de um modo geral, os toiros revelaram valores superiores e positivos, comparativamente ás vacas. Estas, apresentaram valores inferiores, sendo negativos em alguns anos, principalmente quando relacionados como peso aos 180 dias e ao desmame. No caso do peso aos 180 dias e no período de 1991 a 1996, o contributo das vacas oscilou entre -0,949kg e -1,390kg. No que respeita ao peso ao desmame e no período de 1992 a 1995, aquele contributo variou entre -0,047kg e -0,07%. Os valores relativos observados na descendência, revelaram-se positivos para. características em causa, à excepção dos associados ao peso ao desmame nos anos de 1988 e 1989. Nestes anos os valores foram de -0,798kg e -0,475kg, respectivamente. A tendência positiva, no que concerne à evolução da população, ficou a dever-se principalmente à componente masculina. /ABSTRACT - The "Mertolengo" is a Portuguesa native beef breed witch inhabits in the Alentejo country south of Portugal). It is very well adapted to perform in range production systems. A herd of Mertolengo breed were utilized for the evaluation of response to selection, over twelve years. Field data were recorded and the weights were adjusted for 3 and 6 months age. Weaning weight was also recorded and 4usted for the average age at weaning (210 days). For those traits, realized heritabilities were estimated, combining the two sexes and utilizing the total response to selection and the weighted cumulative selection differentials. The values reached were, respectively, 0,28, 029 and 0,30 for 3 months and 6 months age and for the adjusted weaning weight. The evaluation of response to selection, on the female side, fallowed the gene flow method referred by Elsen e Mocquot (1974), taking in account the age structure of the female population. Through this method it was possible to evaluate the changes year by year. The female contribution to the genetic progress was very low, and frequently negative, when compared with bulls. The amount of response achieved was entirely due to the bulls.
URI: http://hdl.handle.net/10174/11253
Type: doctoralThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
José António Lopes de Castro - 152 229.pdf5.81 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois