Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/20958

Title: Remoção de Carbamazepina em água e efluentes domésticos : Avaliação da capacidade de depuração de leitos construídos de macrófitas e novos absorventes
Authors: Gonçalves, Patrícia Martins
Advisors: Pinto, Ana Paula Honrado
Issue Date: 2009
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: A presença de vários compostos, nos efluentes das estações de tratamento de águas residuais (ETARs), tem sido confirmada na bibliografia. Uma opção para a remoção de fármacos em efluentes domésticos passa pela implementação leitos construídos de macrófitas (LCMs). Assim, este trabalho teve como objectivo avaliar a eficiência de um microcosmos LCM's, utilizando como matriz de suporte a LECA e plantado com Typha spp. ou Phragmites australis, para a remoção de carbamazepina (CB) de efluentes domésticos em diferentes períodos anuais (Verão e lnverno). Foram também realizados neste trabalho ensaios de remoção de CB em soluções aquosas utilizando como potencial matriz de suporte a cortiça. As principais conclusões deste estudo permitiram verificar que a matriz de suporte, LECA 2/4, foi responsável pela remoção da maior parte da carbamazepina presente no efluente, mas a presença das plantas contribuíram para uma remoção adicional do fármaco. Sendo assim, as condições de eficiência máxima de remoção verificaram-se nos ensaios com plantas e durante o período de verão. Os estudos com a cortiça demonstraram que este material possui elevada eficiência de remoção da CB, muito superior aos valores exibidos pela LECA, o que o qualifica como um material alternativo com elevado potencial de depuração de soluções aquosas contaminadas com o fármaco. - ABSTRACT: The presence of a wide range of drugs in the effluents of wastewater treatment plants (WWTPs) has been confirmed in the bibliography. One option for the removal of pharmaceuticals from effluents of WWTPs is the implementation of constructed wetlands systems (GWS). ln this context, a study was conducted to assess the ability of microcosm constructed wetland systems planted with different macrophytes (Typha spp. or Phragmites australis) and using light expanded clay aggregates (LEGA) in different annual periods (Summer and Winter). Further experiments were also carried out to evaluate the GB removal efficiency from aqueous solutions using cork residues. The main conclusions that derive from this work are that LEGA was responsible for the removal of most GB present in the effluent, but the presence of both macrophytes contributed also to an additional removal of the pharmaceutical, especially in summer conditions. The studies with cork showed that this material has a high efficiency of GB removal, much larger than the values obtained with LEGA, which qualifies it as an alternative material with great potential for treatment of aqueous solutions contaminated with this pharmaceutical.
URI: http://hdl.handle.net/10174/20958
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Patrícia Martins Gonçalves - Tese de Mestrado - 186 179.pdf6.47 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois