Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/11231

Title: Influência do coberto arbóreo (Quercus suber L.) em processos ecofisiológicos da vegetação herbácea em áreas de montado
Authors: Sá, Celeste Maria Martins Santos e Silva de
Advisors: Gazarini, Luiz Carlos
Keywords: Influência do coberto arbóreo
Processos ecofisiológicos da vegetação herbácea
Áreas de montado
Caracterização ambiental
Clima
Geologia e solos
Issue Date: 2001
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Os montados de sobro, ecossistemas multi-seculares de carácter antrópico, são o sistema prevalecente de ocupação do solo no Alentejo, sendo normalmente explorados em regime agrosilvopastoril de carácter extensivo. Estas formações vegetais caracterizam-se pela coexistência de estratos fitoecológicos bem diferenciados: um estrato arbóreo pouco denso, um estrato arbustivo e um estrato herbáceo. O presente estudo teve como principal objectivo determinara influência do coberto arbóreo (Quercus suber L.) no desenvolvimento da vegetação herbácea. Para tal, procedeu-se à caracterização das áreas sobe fora da influência das copas – através do fluxo de nutrientes e matéria orgânica (produção e decomposição da folhada do sobreiro), das características do solo (teor de humidade, valores de pH, teor em nutrientes e matéria orgânica) e do regime da radiação fotossinteticamente activa – e ao estudo da vegetação herbácea que se desenvolve sob e fora da influência das copas, na sua componente aérea e subterrânea, analisando a sua composição florística e abundância de grupos taxonómicos, produtividade, estrutura do coberto, regime de extinção da radiação fotossinteticamente activa, composição química (teor em nutrientes e constituintes orgânicos) e dinâmica da libertação de nutrientes. Concluiu-se que as condições microclimáticas e pedológicas sob a copa dos sobreiros são diferentes das encontradas nas áreas fora da influência das copas. O enriquecimento do solo sob copa em nutrientes e matéria orgânica deveu-se essencialmente à deposição da folhada do sobreiro. O aumento do teor de matéria orgânica no solo sob a copa modificou as propriedades desse solo, aumentando a sua capacidade de retenção de água. Esta acção, conjuntamente com a intercepção da radiação incidente, diminuiu a perda de água do solo, tornando-se as áreas sob a copa mais sombrias e com condições hídricas mais favoráveis. A vegetação herbácea, essencialmente constituída por espécies anuais, apresentou uma estrutura vertical da fitomassa em pirâmide, considerada uma estratégia face à deficiência hídrica e/ou pastoreio. Para além disso, foi sensível às alterações ambientais derivadas da presença do coberto arbóreo, apresentando características diferentes sob e fora da influência das copas dos sobreiros. Deste modo, o coberto herbáceo sob as copas, face ao existente fora da influência das mesmas apresentou um predomínio de Monocotiledóneas, uma menor percentagem de cobertura e uma produtividade (aérea e subterrânea) inferior. No entanto, o investimento em folhas, os índices de área, as concentrações em N, P, K, Ca, Mg e Mn e o teor em água, proteínas e lípidos apresentaram valores mais elevados para as herbáceas que cresciam sob a influência das copas de sobreiro. O teor mais elevado em fibras das herbáceas das áreas abertas ocasionou que o seu processo de decomposição fosse inicialmente mais lento do que o das herbáceas das áreas sob a copa, tendo estas, porém, registado uma libertação mais rápida de N, de Mg e de Mn. Com base nas observações efectuadas depreende-se que as herbáceas estudadas estarão adaptadas a ambientes secos e ensolarados e com algumas restrições nutricionais, conseguindo adaptar-se, com prejuízo da sua produtividade global, a locais mais sombrios, que apesar de lhes proporcionarem uma maior disponibilidade hídrica e nutricional, não lhes permitem obter a eficiência fotossintética necessária. / ABSTRACT - The cork oak (Quercus suber L.) stands in southern Portugal are an important agrosilvopastoral ecosystem with strongly antropic influence. These systems are constituted by isolated trees, which are individual elements, natural and randomly distributed, surrounded by grassland, providing shelter and natural pasture for grazing. They are a multistrata system constituted by trees, shrubs and herbaceous layers. The aim of the present study is to determine the effect of the Q. suber trees in understorey vegetation features. Several factors were measured in both below-crown and open-grassland habitats: (1) nutrients and organic matter fluxes (litter production and decomposition); (2) soil water content, pR nutrients and organic matter content; (3) light (PAR) interception. In the herbaceous layer was studied: (1) floristic composition; (2) density and plant basal cover; (3) aboveground and belowground primary production; (4) vertical structure of the phytomass; (5) extinction of radiation (PAR); (6) phytomass nutrients (N, Ca, K, Mg Mn, and P) and organic compounds such as, proteins, lipids and fibrous (hemicellulose, cellulose and lignin); (7) litter decomposition and nutrients release. The results obtained showed that the soil and microclimatic conditions were clearly different between below-crown and open-grassland habitats. In below-crown the litterfall was very important in improving the organic matter and nutrients of the soil. Moreover, the crown effect, especially shade reduced water evaporation, and thus increased the soil water content. The productivity above and below ground, the fibrous content, the plant basal cover and the abundance of Dicotyledons were highest in open-grassland areas. Although, the nutrients content, water content, protein, lipids and phytomass area index were highest in below-crown areas, the phytomass vertical structure and decomposition rates of the vegetation below-crown and in open-grassland were similar. Despite the nutrients and moisture conditions in below-crown soil showing best conditions for the increment of the herbaceous layer, in fact the productivity was lowest. The results suggest that radiation was the limiting factor affecting the photosynthetic efficiency.
URI: http://hdl.handle.net/10174/11231
Type: doctoralThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Celeste Maria Martins Santos e Silva de Sá - 132 434.pdf37.91 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois