Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/11002

Title: Um Estudo da Rega por Sulcos num Solo Argiluviado
Authors: Serralheiro, Ricardo Paulo
Advisors: Santos Júnior, António Gonçalves
Keywords: Solo argiluviado
Rega
Sulcos
Infiltração
Issue Date: 1988
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: "Sem resumo feito pelo autor"; -- Empreendeu-se um estudo da rega por sulcos num solo Argiluviado do Alentejo, procurando-se conhecer o melhor possível todo o processo de rega por sulcos, com vista a poder-se convenientemente projectar, construir e conduzir os sistemas com este método de rega. Na linha da maior parte dos trabalhos de investigação científica que há anos vem sendo conduzida em vários países, sobretudo os E.U.A., perspectivam-se duas grandes linhas de estudo: a modelação matemática do escoamento na rega e a do processo de infiltração em sulcos. Deu-se atenção maior ao estudo da infiltração, que é aspecto menos conhecido e estreitamente dependente das condições específicas, nomeadamente edáficas, em que se trabalhe. 0 objectivo principal foi pois definir o tipo de que será e o método com que se estabelecerá a equação que melhor possa representar a infiltração, com vista à simulação em projecto, ao controlo e à análise da rega por sulcos em solo Argiluviado. Complementarmente, estudaram-se alguns aspectos determinantes da infiltração e do escoamento na rega; são eles a geometria da secção transversal dos sulcos e a rugosidade. Fizeram-se ensaios de rega num campo experimental, com as modalidades definidas por combinação de declives e módulos parcelares. As equações da infiltração - dos tipos Kostiakov Lewis e Philip - foram obtidas por dois métodos: o dos infiltrómetros e um método de balanço volumétrico que usa os tempos de avanço observados nas regas. Dos infiltrómetros, fizeram-se dois tipos: de sulco bloqueado e com retorno. 0 método de balanço volumétrico usado foi o proposto por Elliott e Walker (1982) para a equação de Lewis e extendido neste trabalha para se obter também os outros dois tipos de equação. Nos solos Argiluviados, o horizonte A é muito permeável e o B é-o muito pouco. Por isso a infiltração é a principio muito rápida, logo se tornando muito lenta, o que se reflecte num avanço relativamente lento e uniforme. Nestas condições, a infiltração não é bem representada por equações dos tipos Lewis ou Philip. Obtidas pelo método de Elliott e Walker, muitas de tais equações não são monotónicas, assumindo valores negativos o expoente do tempo na equação de Lewis e a constante da segunda parcela na de Philip. As equações da infiltração determinadas foram comparadas por dois processos, qualquer deles usando os dados dos ensaios de rega realizados. Para o primeiro processo usou-se o programa ANREGA, que basicamente realiza duas vezes o balanço volumétrico de cada rega, uma com os dados obtidos nos ensaios e outra simulando-os por uso da equação da infiltração em teste. 0 segundo processo baseia-se na modelação da rega pelo programa KINWAVE de Walker (1984), no qual se incorpora a equação da infiltração em teste. A equação da infiltração tipo Kostiakov I=kta, é a que melhor representa a infiltração em sulcos no solo Argiluviado. Para a obter, o método de Elliott e Walker é melhor que o dos infiltrómetros e de entre estes é preferível o de sulco com retorno. Os dois programas de computação utilizados para testar as equações da infiltração ficam disponíveis como importantes instrumentos para o projecto dos sistemas de sulcos. O programa ANREGA foi concebido para analisar a eficiência e a uniformidade das regas, servindo para o aperfeiçoamento destas, até à optimização das qualidades. Com base nele perspectiva-se para um próximo futuro a desenvolvimento de um processo de automatização da rega por sulcos, que pode constituir importante inovação tecnológica.
URI: http://hdl.handle.net/10174/11002
Type: doctoralThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ricardo Paulo Serralheiro - 170 124.pdf7.25 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois